Começar e terminar: o desafio

Posted: Setembro 25, 2012 in Textos

Não sei você, mas eu tenho uma dificuldade enorme em continuar as coisas que começo. Acho tudo incrível no início, mas logo desisto. Me canso das mesmas coisas, me canso de continuar fazendo. É como se surgisse um ponto de interrogação gigante na minha mente indagando “pra quê que eu tô fazendo isso, mesmo?”.

Falta de perseverança. Desistência. É tão fácil falar “não desista” pros nossos amigos, o difícil mesmo é não desistir. Não desistir do blog que você começou (oi!), dos amigos chatos que a gente gosta, do livro que a gente começou a ler…

Não existe nada mais prazeroso do que começar algo. Sempre tem aquela mágica maravilhosa de criar tudo! É ótimo. E a gente é assim em tudo: na primeira semana de aula, nas primeiras tarefas, com os amigos novos, início de relacionamentos… Mas por que é que a gente desiste?

Quando as coisas começam a ficar mais difíceis, aí sim que nós colocamos na balança se realmente vale a pena todo o esforço e trabalho que tal coisa está nos dando. Mas só fazemos isso quando algo não está indo bem. Ou seja, sempre teremos os olhos mais fixos pros problemas e, nada do que foi bom anteriormente, vai fazer valer a pena continuar, quando estamos focados nos problemas.

Já comecei inúmeras coisas, porém são raras as que eu continuo. Simplesmente por falta de incentivo e de perseverança. Só continuo coisas demoradas e longas quando são cobradas, especialmente as da escola.

Vivemos na geração do “agora”. Temos a internet, a tv, o celular, os sms… Tudo em uma fração de segundos. Estamos acostumados a não esperar pelo retorno, a não precisarmos ter paciência. A raiz da desistência está na impaciência. Não conseguimos esperar resultado a longo prazo. Não queremos nos empenhar o tempo necessário pra que dê!

As coisas nunca vão ser só boas, nunca. E nada vai ser sempre só ruim! Antes de começar algo e ter a tristeza de “poxa, mais uma coisa que estou desistindo”, é importante colocar os prós e contras no papel e conferir se vai valer a pena o desgaste, o trabalho e o empenho. E, se valer a pena, vamos tentar lembrar toda vez que pensarmos em desistir, no que nos fez começar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s